Provedor de Internet Fibra Ótica e Wireless – licenciada pela ANATEL


  • Previsão do tempo

Aguarde...

  • Blog da Virtual


  • Por que reiniciar o modem pode fazer a internet voltar?

    Sempre que os usuários reclamam de algum problema relacionado à banda larga, os atendentes pedem para que o modem seja reiniciado. Mas será que realmente é possível consertar uma conexão apenas desligando e religando o modem em seguida? Quando o modem é reiniciado, as portas são destravadas e o sinal volta a fluir normalmente para os … Continuar a ler "Por que reiniciar o modem pode fazer a internet voltar?" O conteúdo Por que reiniciar o modem pode fazer a internet voltar? aparece primeiro em Virtual Informática. […]

    22/04/2018 - 01:29
  • ALERTA! Falsas páginas de emprego na internet enganam muitos...

    De acordo com o mais recente estudo do IBGE, há mais de 13 milhões de desempregados no Brasil atualmente. Criminosos têm se aproveitado dessas pessoas na internet para aplicar golpes que roubam dados pessoais e infectam dispositivos com vírus. Ao todo, mais de 300 mil pessoas curtiram ou estão seguindo páginas no Facebook que prometem … Continuar a ler "ALERTA! Falsas páginas de emprego na internet enganam muitos brasileiros" O conteúdo ALERTA! Falsas páginas de emprego na internet enganam muitos brasileiros aparece primeiro em Virtual Informática. […]

    22/04/2018 - 01:29
  • Vem aí a próxima grande atualização do Windows 10

    A Microsoft confirmou que a próxima grande atualização do Windows 10 será lançada no dia 17 de outubro deste ano. Chamado de Fall Creators Update, a atualização será o quarto grande pacote de novidades desde o lançamento do Windows 10 em 2015. O destaque, desta vez, ficará com a introdução do Windows Mixed Reality, que … Continuar a ler "Vem aí a próxima grande atualização do Windows 10" O conteúdo Vem aí a próxima grande atualização do Windows 10 aparece primeiro em Virtual Informática. […]

    22/04/1041 - 15:04
  • Emojis que se baseia nas suas expressões faciais

    Testamos o Aplicativo Polygram que usa inteligência artificial para capturar as expressões faciais das pessoas, por meio da câmera frontal do celular, e traduzi-las em emojis. Alegria, surpresa, vergonha e até mesmo tédio são captados pelo sistema do app. Você pode reagir a uma foto publicada na rede com um emoji baseado na sua expressão … Continuar a ler "Emojis que se baseia nas suas expressões faciais" O conteúdo Emojis que se baseia nas suas expressões faciais aparece primeiro em Virtual Informática. […]

    22/04/2018 - 01:29
  • Empresa vai pagar R$ 1,5 milhão para quem hackear o WhatsApp

    Se você presa por sua privacidade no WhatsApp, lamentamos informar que ela pode estar em perigo em um futuro não muito distante. Isso porque a Zerodium, uma companhia especializada na compra e revenda de falhas de segurança em várias plataformas, está em busca de uma falha no famoso aplicativo – e está disposta a pagar … Continuar a ler "Empresa vai pagar R$ 1,5 milhão para quem hackear o WhatsApp" O conteúdo Empresa vai pagar R$ 1,5 milhão para quem hackear o WhatsApp aparece primeiro em Virtual Informática. […]

    22/04/2018 - 01:29
  • Hashtag completa 10 anos #Parabéns

    Há exatamente 10 anos, Chris Messina sugeriu em um tweet que as pessoas agrupassem assuntos de discussão no Twitter usando o caractere # antes de palavras, reunindo discussões e facilitando a vida dos usuários na hora de encontrar uma sequência específica de mensagens. Confira o tweet original que “criou” a hashtag na internet: A ideia realmente … Continuar a ler "Hashtag completa 10 anos #Parabéns" O conteúdo Hashtag completa 10 anos #Parabéns aparece primeiro em Virtual Informática. […]

    22/04/8868 - 15:03
  • você conhece o Waze? App gratuito de trânsito

    Você já usou o Waze? O aplicativo de GPS colaborativo, compatível com iOS e Android, foi comprado este ano pelo Google e está fazendo bastante sucesso no Brasil e no mundo. Waze é um dos maiores aplicativos de trânsito e navegação do mundo baseado em uma comunidade. Junte-se aos outros motoristas em sua área e … Continuar a ler "você conhece o Waze? App gratuito de trânsito" O conteúdo você conhece o Waze? App gratuito de trânsito aparece primeiro em Virtual Informática. […]

    22/04/2018 - 01:29
  • Qual é o smartphone com maior capacidade de bateria do mercado?

    Muitos consumidores de celulares já adotam um procedimento padrão na hora de comprar um smartphone: uma olhada com calma nas especificações. Aprender a ler esses números e compará-los entre diferentes modelos ajudará a dar algum embasamento na escolha. No caso da bateria, elas são medidas em miliamperes-hora (mAh). Mas o que é isso? É uma … Continuar a ler "Qual é o smartphone com maior capacidade de bateria do mercado?" O conteúdo Qual é o smartphone com maior capacidade de bateria do mercado? aparece primeiro em Virtual Informática. […]

    22/04/2018 - 01:29

  • Pesquisa Google

Notícias da região, por Rádio Metrópole:

  • Notícias


Geral
  • Leilão de móveis do Hotel Ritz bate recorde e supera € 7 milhões

    Venda da mobília das antigas instalações do hotel durou 43 horas. Móveis da Suíte Imperial, do prestigiado Hotel Ritz, antes do leilão de seus bens acumulados durante décadas em Paris Reuters/Charles Platiau A venda da mobília das antigas instalações do Hotel Ritz de Paris, promovida pela casa de leilões Artcurial, bateu um novo recorde ao superar os € 7 milhões após uma sessão que durou 43 horas. "Sob o martelo de François Tajan e Stéphane Aubert, a Artcurial estabeleceu um novo recorde mundial no domínio de venda de mobília de hotéis, alcançando 7.278,323 euros", afirmou a casa de leilões em comunicado. O leilão conseguiu vender o total de 3.500 lotes oferecidos e multiplicar por sete a estimativa global inicial da venda. Suíte do Hotel Ritz, em Paris, cujos objetos foram leiloados Reuters/Charles Platiau Objetos de banheiro do famoso Hotel Ritz, em Paris, que fechou as portas Reuters/Charles Platiau A exposição dos móveis em uma reconstrução de alguns dos quartos mais simbólicos do luxuoso e histórico hotel, atraiu 13 mil pessoas em países como Áustria, Alemanha, Itália e França. O preço mais alto do leilão foi o de um conjunto com uma mesa e uma cadeira de estilo Louis XV proveniente da suíte de Mademoiselle C., arrematado por 182 mil euros, "mais de 300 vezes o valor estimado". Cerca de 60% do volume de vendas foi adquirido por colecionadores estrangeiros, de 53 nacionalidades diferentes. Além disso, mais de 50% dos lotes foram arrematados pela internet, como a placa do Bar Hemingway, vendida por 88.400 euros. O conhecido hotel da Praça Vendôme em Paris, onde ficaram hospedados o escritor Ernest Hemingway e a estilista desenhista Coco Chanel, entre outros, fechou suas portas pela primeira vez entre 2012 e 2016 para realizar importantes reformas. Os objetos levados a leilão estavam em muito bom estado devido aos trabalhos de reparação realizados por uma equipe de 40 pessoas entre carpinteiros, eletricistas e ebanistas. […]

    22/04/2018 - 01:29

Economia
  • Leilão de móveis do Hotel Ritz bate recorde e supera € 7 milhões

    Venda da mobília das antigas instalações do hotel durou 43 horas. Móveis da Suíte Imperial, do prestigiado Hotel Ritz, antes do leilão de seus bens acumulados durante décadas em Paris Reuters/Charles Platiau A venda da mobília das antigas instalações do Hotel Ritz de Paris, promovida pela casa de leilões Artcurial, bateu um novo recorde ao superar os € 7 milhões após uma sessão que durou 43 horas. "Sob o martelo de François Tajan e Stéphane Aubert, a Artcurial estabeleceu um novo recorde mundial no domínio de venda de mobília de hotéis, alcançando 7.278,323 euros", afirmou a casa de leilões em comunicado. O leilão conseguiu vender o total de 3.500 lotes oferecidos e multiplicar por sete a estimativa global inicial da venda. Suíte do Hotel Ritz, em Paris, cujos objetos foram leiloados Reuters/Charles Platiau Objetos de banheiro do famoso Hotel Ritz, em Paris, que fechou as portas Reuters/Charles Platiau A exposição dos móveis em uma reconstrução de alguns dos quartos mais simbólicos do luxuoso e histórico hotel, atraiu 13 mil pessoas em países como Áustria, Alemanha, Itália e França. O preço mais alto do leilão foi o de um conjunto com uma mesa e uma cadeira de estilo Louis XV proveniente da suíte de Mademoiselle C., arrematado por 182 mil euros, "mais de 300 vezes o valor estimado". Cerca de 60% do volume de vendas foi adquirido por colecionadores estrangeiros, de 53 nacionalidades diferentes. Além disso, mais de 50% dos lotes foram arrematados pela internet, como a placa do Bar Hemingway, vendida por 88.400 euros. O conhecido hotel da Praça Vendôme em Paris, onde ficaram hospedados o escritor Ernest Hemingway e a estilista desenhista Coco Chanel, entre outros, fechou suas portas pela primeira vez entre 2012 e 2016 para realizar importantes reformas. Os objetos levados a leilão estavam em muito bom estado devido aos trabalhos de reparação realizados por uma equipe de 40 pessoas entre carpinteiros, eletricistas e ebanistas. […]

    22/04/2018 - 01:29

Mundo
  • Paraguai realiza eleição presidencial neste domingo com candidato...

    Mario Abdo Benítez é Partido Colorado, que predomina na política paraguaia há décadas. Pleito terá apenas um turno; veja como será. Os candidatos Mario Abdo Benítez e Efraín Alegre AFP/Norberto Duarte O Paraguai vai às urnas neste domingo (20) para eleger seu presidente para os próximos cinco anos, com o candidato de direita, Mario Abdo Benítez, do governista Partido Colorado, como favorito nas pesquisas, apesar dos vínculos de sua família com o ex-ditador Alfredo Stroessner. "Marito", como é conhecido popularmente, enfrentará o candidato liberal Efraín Alegre, apoiado por uma coalizão de centro-esquerda da qual participa o ex-bispo e ex-presidente (2008-2012) Fernando Lugo. As principais pesquisas dão até 20 pontos de vantagem a Abdo Benítez sobre Alegre. Mas uma pesquisa da consultora Ati Sneard e Associados de última hora aponta para um empate técnico e indica que a vitória de Abdo Benítez, de 46 anos, depende de uma participação de ao menos 70% da população. Há ainda outros oito candidatos, mas estão muito atrás nas pesquisas. "Se Abdo Benítez perder, será por um voto de castigo a Horácio Cartes, que teve um governo muito excludente", comentou Sneard à AFP. Cartes, um empresário da indústria de tabaco, manteve o importante crescimento econômico do país durante seu governo, de cerca de 4% ao ano, apoiado nas exportações agrícolas e de eletricidade. No entanto, o Paraguai registra um índice de pobreza de 26,4% e está classificado entre os países com maior nível de corrupção pela organização Transparência Internacional, que o situa no posto 135 em uma lista de 180 em 2017. Mario Abdo Benitez encerra sua campanha em Itagua, nesta quinta-feira (19) AFP/Eitan Abramovich Rejeição ao aborto "Marito", que estudou marketing nos Estados Unidos, propõe manter a política econômica de Cartes, e também realizar uma reforma do Poder Judiciário, que considera corrupto. Alegre, advogado de 55 anos, tenta pela segunda vez ser eleito. Nas eleições de 2013, nas quais teve apoio apenas de seu partido Liberal, perdeu para o atual presidente por 8 pontos. Desta vez, conseguiu reeditar a coalizão de 2008 com a Frente Guasú (Frente Ampla) e outros agrupamentos de esquerda, que deram a vitória a Lugo, o único governante não colorado desde 1947, mas que não terminou seu mandato porque foi destituído em 2012. Alegre propõe garantir saúde gratuita para os mais pobres e baratear as tarifas de energia para incentivar os investimentos e promover o emprego, uma tarefa pendente no Paraguai, que mantém altas taxas de informalidade. O candidato liberal Efrain Alegre fazem ato final da campanha em Assunção, nesta quinta (19) AFP/Daniel Duarte Em um país majoritariamente católico, os dois candidatos se mostram conservadores e rejeitam tanto a descriminalização do aborto como o casamento entre pessoas do mesmo sexo. "Sou pela vida, sou contra o aborto e a descriminalização, em todos os casos. Pessoalmente, acho que ninguém deve bancar o Deus e decidir sobre a vida ou a morte de uma pessoa", respondeu Alegre taxativamente em uma entrevista à AFP. As eleições, para as quais estão convocados 4,2 milhões de cidadãos (em 7 milhões de habitantes), serão supervisionadas por missões de observação da União Europeia e da Organização dos Estados Americanos. A eleição terá apenas um turno. Os centros de votação abrem às 7h (8h de Brasília) e fecham às 16h (17h em Brasília). Além do presidente, os paraguaios elegerão um novo Congresso e governadores para os 17 departamentos em que o país se encontra dividido. Sombra da ditadura "Marito" é filho de Mario Abdo, que foi secretário particular de Alfredo Stroessner. Mas a proximidade de sua família com a ditadura (1954-89) não foi tema de campanha. "Os que têm menos de 40 anos já não se recordam dessa ditadura. Por isso não está em discussão", explicou o analista político Francisco Capli à AFP. Mesmo se distanciando da ditadura ao recordar que, na ocasião da queda de Stroessner, tinha apenas 16 anos, em 2006 compareceu ao funeral do ex-ditador, que se exilou em Brasília. Abdo Benítez se esforça por mostrar uma imagem de líder dinâmico, e defende suas credenciais democráticas e republicanas. "Eu me orgulho de que as vítimas que sofreram maus-tratos e torturas naquela época (a ditadura de Stroessner) hoje trabalham comigo. Esta é outra era. Se houvesse alguma rejeição, não estariam comigo", enfatizou. […]

    22/04/9617 - 15:24

Rio Grande do Sul
  • Mulher morre em acidente na Zona Sul de Porto Alegre

    Segundo a Brigada Militar, Ircilia Batista de Souza, de 64 anos, era passageira de um carro que colidiu contra outro por volta das 15h30 no Bairro Lageado. Carro onde estava a vítima bateu de frente na lateral de outro automóvel Divulgação/BM Uma mulher morreu vítima de um acidente na tarde deste sábado (21) em Porto Alegre. Segundo a Brigada Militar, Ircilia Batista de Souza, de 64 anos, era passageira de um carro que colidiu contra outro por volta das 15h30 no Bairro Lajeado, Zona Sul da capital gaúcha. O carro onde estava Ircilia bateu de frente na lateral de outro automóvel. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas a mulher estava morta quando a ambulância chegou. […]

    22/04/2018 - 01:29

Ciência e Saúde
  • Da contaminação ao tratamento, o papel da desigualdade no atual...

    Febre amarela do tipo silvestre, como a que já matou mais de 330 pessoas entre 2017 e 2018 no país, evidencia vulnerabilidade de áreas rurais no Brasil. Febre amarela do tipo silvestre torna mais vulneráveis populações que vivem e trabalham na mata Reprodução/TV TEM Ao se despedir do verão, época mais propícia para a expansão da febre amarela, o Brasil começa a fazer um balanço de como a doença se manifestou na população nos últimos meses. Segundo o mais recente boletim do Ministério da Saúde, de julho de 2017 ao início de abril de 2018 foram confirmados 1.127 casos de febre amarela no país, incluindo 331 óbitos. O Sudeste concentra a maioria dos registros (Minas Gerais com 43% dos casos; São Paulo 40%; e Rio 17%). No mesmo período entre 2016 e 2017, foram 712 casos e 228 óbitos. Desta vez, os governos observaram uma expansão da circulação do vírus da febre amarela para regiões metropolitanas. Essa seria a causa do aumento no número de casos, segundo o ministério. Se no período passado a febre amarela circulou por áreas ocupadas por 11,2 milhões de pessoas, no atual, atingiu 35,9 milhões de pessoas. Mas, segundo especialistas consultados pela BBC Brasil, a população rural continua sendo a mais vulnerável à doença. Isso porque a febre amarela vista hoje no país é do tipo silvestre – ou seja, seu vírus é transmitido por mosquitos que vivem em ambientes de mata, dos gêneros Haemagogus e Sabethes. Nas cidades, as infecções que têm sido registradas ocorrem após a exposição a áreas de floresta, como parques. Desde 1942, o Brasil não tem casos de febre amarela urbana, quando o vetor é o mosquito Aedes aegypti - também transmissor da dengue, chikungunya e zika. Para o Ministério da Saúde, a probabilidade da transmissão urbana da doença no Brasil é "baixíssima". Assim, o impacto da febre amarela em áreas rurais passa a despertar a atenção de pesquisadores para outro aspecto: o efeito da desigualdade sobre surtos recentes da doença, já que essas regiões apresentam indicadores socioeconômicos mais precários e distantes dos radares das autoridades de saúde do país - recebendo bem menos atenção em prevenção e tratamento do que os grandes centros urbanos. Segundo pesquisadora, regiões como o Noroeste mineiro, uma das mais afetadas pela febre amarela, teve baixa cobertura vacinal em comparação com áreas sem casos da doença Reprodução/EPTV "A grande maioria das vítimas é de agricultores pobres", resume Paulo Buss, sanitarista e diretor do Centro de Relações Internacionais da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Não há dados oficiais que detalhem a situação socioeconômica das vítimas da doença, mas fatores como menor renda e dificuldade no acesso à saúde no campo revelam o papel da desigualdade neste cenário. Confira alguns destes fatores. 1. Rural versus urbano Buss destaca que a exposição à febre amarela frequentemente está ligada ao trabalho em áreas de mata e com rendimento inferior à média nacional, como o extrativismo. "Existe uma clara influência do local de moradia e da ocupação na manifestação dessa enfermidade. Isso não acontece só com a febre amarela, mas também com a malária e outras doenças infecciosas", diz o sanitarista. Outro dado que denuncia o papel da atividade econômica na vitimização pela doença é sua prevalência em homens: segundo o Ministério da Saúde, entre os casos suspeitos registrados desde julho de 2017, 17% foram em mulheres e 83% em homens. Para especialistas, essa diferença vem justamente do contato mais frequente de homens com a mata para fins de trabalho. De fato, indicadores de renda, além de escolaridade e de expectativa de vida, dividem o Brasil rural do urbano. Foi isso que mostrou um estudo conjunto do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no Brasil, do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) e da Fundação João Pinheiro (FJP). Segundo essa pesquisa, considerando dados para 2010, a renda per capita da população urbana é quase três vezes maior do que a da população rural (R$ 882 e R$ 312, respectivamente); na escolaridade, 60% da população urbana com mais de 18 anos concluiu o ensino fundamental, contra 26,5% da população rural; a esperança de vida ao nascer, na cidade, é de 74,5 anos, enquanto no campo é de 71,5 anos. Em 2017, um estudo da Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas (FGV-DAPP), por sua vez, mostrou que o Noroeste mineiro, com alto número de óbitos por febre amarela na época e baixo Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), teve níveis baixos de cobertura vacinal contra a doença e de orçamento para lidar com crises epidemiológicas. Isso mesmo na comparação com cidades mineiras sem diagnóstico da doença. "Ao cruzar esses dados, a intenção foi considerar a relação entre a desigualdade e o não privilegiamento de ações públicas de saúde. Em Minas Gerais, no ano passado, vimos a priorização da vacinação nas regiões metropolitanas de Belo Horizonte, Juiz de Fora e Uberlândia, por exemplo", aponta Danielle Sanches, pesquisadora da FGV-DAPP. "Também em outros Estados, como no Rio e em São Paulo, vimos a escolha por vacinar mais nas regiões metropolitanas. É importante vacinar nesses locais pela concentração populacional, mas é preciso uma conscientização diante da corrida indiscriminada aos postos. A população alvo da imunização contra a febre amarela são os moradores de áreas rurais". Para a pesquisadora, uma explicação para tais decisões dos governos está no poder de pressão dos moradores de áreas urbanas - e da imprensa, concentrada nessas áreas. 2. Acesso à saúde fora dos grandes centros O estudo da FGV-DAPP mostrou também que os municípios com baixo IDHM no noroeste de Minas não contavam em seu quadro com infectologistas - especialistas médicos cruciais no diagnóstico e tratamento da febre amarela. "Sobretudo no acesso à saúde, as desigualdades entre as áreas urbanas e rurais se manifestam", diz Sanches. O acesso à saúde fora dos grandes centros marca há décadas os debates sobre as deficiências do atendimento médico no Brasil. Para Carolina Batista, diretora médica para América Latina da Iniciativa Medicamentos para Doenças Negligenciadas (DNDi, na sigla em inglês), essas dificuldades não se limitam ao enfrentamento de longas distâncias. "Pessoas que vivem em zonas rurais têm um acesso muito inferior a serviços especializados e de referência, a ferramentas de diagnósticos, medicamentos específicos, entre outros. Em comparação às áreas metropolitanas, isso é extremamente desigual. Mas, ao mesmo tempo que isso impõe um grande desafio, demonstra a enorme pluralidade que temos no nosso país, o que exige pensar o sistema de saúde de forma inovadora", aponta a médica. "No caso da febre amarela, populações rurais são afetadas duplamente. Uma primeira carga vem da própria exposição a vetores de uma doença potencialmente grave como a febre amarela; e uma segunda, do acesso limitado à saúde". Para o sanitarista Paulo Buss, os efeitos da desigualdade na febre amarela se tornam mais evidentes após a contaminação. "Na prevenção, por meio da vacina, excepcionalmente se mitiga a desigualdade no pegar a febre amarela. Mas, depois que se adquire a febre amarela, a letalidade é dependente dos recursos tecnológicos disponíveis, como materiais para hidratação, equipamentos para lidar com um choque hemorrágico e uma UTI. Uma vez adquirida a enfermidade, a desigualdade se torna muito expressiva", diz Buss. 3. Ocupação desordenada Condições precárias de acesso à moradia também podem contribuir com a exposição à febre amarela na medida em que a ocupação desordenada da terra acaba avançando sobre as florestas. "A entrada na franja das florestas, sem um planejamento, acaba expondo a população às áreas de circulação do vírus por meio do mosquito que transmite a febre amarela silvestre. Isso significa uma penetração em ecossistemas aos quais a população humana não está acostumada, em um contexto de mudanças climáticas", diz Buss. Para os especialistas, é justamente essta tendência de ocupação que explica o avanço das fronteiras de circulação da febre amarela. Há uma década, a febre amarela era considerada endêmica (com incidência constante em determinado agrupamento ou região) apenas na região amazônica, o que fazia dali uma área com recomendação permanente para a vacinação. A partir de 2015, observou-se uma expansão da doença para o Centro-Oeste e, posteriormente, para o Sudeste. Hoje, o Ministério da Saúde considera mais vulneráveis as populações de áreas recém-afetadas pelo vírus e que vêm recebendo a chamada vacinação de bloqueio. Mas, justamente pelo avanço da doença, a pasta definiu que, até 2019, todo o país terá recomendação para a vacina. Buss explica que, diferente de outras doenças infecciosas, hoje a febre amarela não tem na falta de acesso ao saneamento um fator importante para sua expansão. "Doenças como a dengue deixam mais vulneráveis populações sem água encanada ou recolhimento regular de lixo, por exemplo. A falta de saneamento facilita a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Mas, como a febre amarela no país hoje é a silvestre, não se estabelece uma relação direta com o saneamento", afirma o sanitarista. 4. Doença negligenciada "Doenças negligenciadas" são aquelas que, apesar de prejudicarem milhões de pessoas pelo mundo, possuem investimentos reduzidos em pesquisas, produção de medicamentos e vacinas - pelo pouco interesse que despertam na indústria farmacêutica. Elas costumam ser endêmicas em populações de baixa renda, sobretudo na África, Ásia e América Latina - são doenças negligenciadas de populações negligenciadas, e que muitas vezes foram erradicadas ou controladas em países desenvolvidos. A própria OMS reconhece que a ocorrência dessas doenças "está ligada a uma associação de várias determinantes sociais e em parte porque essas populações não estão em posição de atrair a atenção de tomadores de decisão para os seus problemas e atrair recursos" (no estudo Doenças tropicais negligenciadas: igualdade e determinantes sociais, de Jens Aagaard-Hansen e Claire Lise Chaignat). A Organização Mundial da Saúde (OMS) lista 20 doenças negligenciadas, entre elas dengue, doença de Chagas, esquistossomose, hanseníase, malária, tuberculose e doença do sono. A febre amarela não está na lista da OMS, mas, segundo Carolina Batista, do DNDi, o conceito é dinâmico e está em constante reavaliação. Para ela, a febre amarela tem todas as características de uma doença negligenciada. Entre elas, está o fato de ser uma doença tropical e infecciosa. Segundo Batista, apesar de ter uma vacina de comprovada excelência - produzida pela Fiocruz -, esta não passou por inovações recentes. Também não há um protocolo de tratamento específico para a febre amarela. "O arsenal terapêutico para o tratamento da febre amarela é limitado. A abordagem é pelo controle dos sintomas e limitação de complicações, como as que podem vir a afetar o fígado", aponta a médica. […]

    22/04/2018 - 01:29

Carros
  • Estelionatários se passam por funcionários de montadora de...

    Fraude inclui oferta de veículos com preço abaixo do mercado que teriam sido comprados por empregados. Honda divulgou comunicado na internet sobre golpe. Estelionatários se passam por ex-funcionários de montadora de Sumaré para aplicar golpe Estelionatários estão se passando por funcionários e ex-funcionários da montadora Honda em Sumaré (SP), para aplicar golpe com oferta de veículos a preços abaixo do mercado na web. Um alerta sobre esse tipo de fraude foi feito pela fábrica no seu site oficial. Em Monte Mor (SP), um homem foi vítima e teve um prejuízo de R$ 9,4 mil. Após encontrar um anúncio atraente em um portal de compra e venda, a vítima trocou mensagens por Whatsapp, ligações e recebeu documentos em papel timbrado. Sem saber que eram falsos, ele fez o depósito do valor. Os golpistas montaram até uma central de atendimento ao consumidor. "Comecei a pesquisar motos em sites de compra de motos na região e, nessa pesquisa, [...] eu encontrei essa moto 0km em um preço mais acessível: R$ 9,4 mil. No mercado ela custa de R$ 10,990 a R$ 11 mil. [...] Que essas pessoas sejam presas e paguem pelo que causaram", diz o consumidor, que preferiu não ser identificado na reportagem. No comunicado aos clientes, a Honda diz que recebeu denúncias do golpe no SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente) e em redes sociais. "[...] após a investigação dos departamentos competentes de nossa empresa, identificamos anúncios falsos de venda de veículos da nossa marca com valores bem abaixo da tabela de mercado", cita o aviso. "Para embasar a fraude, eles podem utilizar falsos papéis timbrados com a logomarca Honda e o nome de uma Concessionária regularmente estabelecida, fazendo com que a vítima acredite tratar-se de uma operação comercial idônea", diz o comunicado. Montadora Honda posta alerta para consumidores sobre golpe de venda de veículos em página oficial. Reprodução/Site oficial Honda História convenceu Segundo a vítima, o vendedor disse ser ex-funcionário da montadora e teria adquirido a moto com desconto. Ao oferecer o negócio, o morador de Monte Mor aceitou. Depois de acertados os detalhes da documentação, ele fez o pagamento a vista. A partir daí, a vítima não conseguiu mais contato com o suposto ex-funcionário. "Em nenhum momento eu desconfiei. Na verdade, eu achei que estava falando na Honda", conta a vítima. Os estelionatários montaram uma central de atendimento como se fosse a própria montadora a partir de um número fixo. "Você ligou para a Honda do Brasil. Essa ligação será gravada", diz a voz na gravação. A vítima clicou na opção "4" que se referia a faturamento e veículos novos. Ao tentar o mesmo caminho, a reportagem da EPTV, afiliada da TV Globo, não conseguiu mais contato porque o serviço estava "temporariamente indisponível por questões de manutenção preventiva". [Veja a ligação no vídeo no início da reportagem] O G1 tentou contato com o mesmo número neste sábado, mas ele foi desativado. Segundo a reportagem, o atendimento era feito por uma mulher que se apresentava como funcionária da Honda, a mesma que tratou de toda a negociação com o consumidor. Para não levantar suspeitas, ela enviou documentos com a logomarca da fábrica de Sumaré. A entrega seria na montadora. Documento falso usado por estelionatários em venda de moto, em Sumaré Reprodução/EPTV Fique atento A advogada Joanna Paes de Barros, especializada em direito do consumidor, alerta para os cuidados ao verificar uma oferta de produto na internet. "Um preço muito aquém do mercado, um juros muito abaixo, uma forma de pagamento com muito benefício, um negócio muito bom, ele é suspeito", afirma. No comunicado, a Honda diz que todas as negociações, venda e entrega de produtos 0km são realizadas "exclusivamente pela rede de concessionárias autorizadas". Ressalta, ainda, que os compradores confirmem a veracidade das informações de anúncios e visitem pessoalmente a concessionária antes de concretizar a compra. Para dúvidas ou suspeita de irregularidades, os contatos da montadora são 0800 017 12 13, para carros, e 0800 055 22 21, para motos. Veja mais notícias da região no G1 Campinas […]

    22/04/2018 - 01:29

Games


O que as pessoas dizem

Depoimentos de nossos clientes

  • É uma excelente empresa. Quando cheguei na cidade, só me falaram coisas boas, quando cheguei na loja fui bem tratado, as meninas me trataram muito bem, mesmo eu sendo de fora, fui bem recebido. A qualidade do serviço não é boa, é excelente! Eu tinha um preconceito imenso sobre internet a rádio, mas hoje em dia não tenho mais porque a qualidade é muito boa. Todo mundo falava muito mal, mas o que eles me vendem, eles me garantem e é o que chega pra mim. É uma empresa idônea. É difícil você falar de uma empresa de qualidade, é aquela coisa, quando a empresa é ruim, você consegue achar um monte de defeito, agora quando a empresa é boa, fica difícil. Qualidade é qualidade!

  • Quando eu preciso, sou logo atendida. Não tenho queixas e está muito bom assim.

  • Estou muito satisfeito por morar na cidade de Crissiumal, aproveitando os serviços de internet da Virtual, estou muito satisfeito com sua qualidade, rapidez e atendimento desta empresa que está a bastante tempo neste município, agora com a Fibra Ótica tem um rendimento de maior velocidade, com atendimento atrativo e prestativo. Estou muito contente com seu bom atendimento, não somente nos chamados, como também, na loja física.

  • Falar da Virtual Informática é muito fácil porque além de cliente, somos amigos dos donos da empresa, são nossos parceiros, nossos clientes também. O serviço é capacitado, funcionários são capacitados, prestação de serviço excelente. Tudo que você deseja em informática, em internet e computadores, você encontra lá!

  • Em nome da Associação Comercial e Industrial de Crissiumal e CDL de Crissiumal, queremos parabenizar a empresa Virtual pela implantação em Crissiumal da Fibra Ótica, que para nós é uma importância muito grande nesse momento que com certeza está trazendo bastate benefícios ao comércio e a toda nossa população em Crissiumal, então parabéns a essa empresa que está no mercado já há 12 anos. Para nós, e em nome de todo comércio Crissiumalense, temos que agradecer a empresa pelo investimento e por essa qualidade em internet que foi implantada agora no município de Crissiumal. Parabéns Virtual, parabéns a toda equipe e parabéns a nossa população de Crissiumal por mais essa conquista, agora com Fibra Ótica.

  • Vou agradecer pelo atendimento e pela eficiência da Virtual, sempre nos atendendo com muita rapidez e o sinal de internet também é muito bom. Continuem sempre crescendo!

yoast seo premium free